segunda-feira, 27 de setembro de 2010

TE AMO ETERNAMENTE.


Se algum dia souberes que observo-lhe, do outro lado da rua, e o céu toca meus sentidos ao te ver passar, então descobrirás que meu coração te espera, como alguém que nada deseja em troca, a não ser ouvir eternamente o silêncio dos teus passos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário