segunda-feira, 20 de setembro de 2010

SONHOS E DESENCANTOS......................

SEMPRE NÃO É TODO DIA




"Pedi para que o tempo parasse
E os momentos se eternizassem
Sempre que estivéssemos juntos...
Mas um segundo era um segundo
E o tempo continuava seu rumo...

Pedi para que o tempo voasse
Quando por ti eu sofria
Pois assim te esqueceria e a dor iria embora...
Mas, uma hora era uma hora
E o tempo seguia sua rota...

Achei que o amor era eterno
E me enganei...
De tanta saudade pensei, que talvez eu morreria...
Mas um dia era um dia
E as águas do tempo corria...

Escorria meu pranto...
No entanto, nem um minuto foi mudado
Nada ficou parado
Em virtude da minha dor...

Hoje, não questiono mais o tempo
Vou vivendo...
E vivo intensamente
Cada instante é um presente...

E amo...como novidade de vida...
Fugir disso é covardia!
Acredito no eterno, no sempre
Mas, consciente...
Pois, sempre não é todo dia...."(Rose Felliciano)

Nenhum comentário:

Postar um comentário