segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Serà que o amor é tao covarde..................

Luz, mesmo não sendo dia....





"O que é o Amor, me pergunto
Se nesse estado bruto que me encontro
Dos desencontros e sofrimentos
Quantos lamentos....

Momentos lindos, paixões loucas
Nas horas poucas
Saudades muitas, esquecimentos
Lembranças, silêncios, nada mais...

Isso é o Amor, me responda
Apenas momentos de claridade em chamas
E eternas noites, onde a escuridão me ronda?...

Não, não mais me enganas...
O Amor não é a vela da covardia
O Amor é Luz, mesmo não sendo dia..." (Rose Felliciano)

.

*Mantenha a autoria do Poema* - Direitos autorais registrados.

Rose Felliciano
31/08/2008A

Nenhum comentário:

Postar um comentário